InícioAraripina em FocoEm ritmo de forró, Armando, Paulo Rubem e João Paulo saudados nas...

Em ritmo de forró, Armando, Paulo Rubem e João Paulo saudados nas feiras do Sertão

Líder em todas as
pesquisas de intenção de voto para o governo, Armando Monteiro (PTB), candidato
da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, visitou as feiras livres e o comércio
dos municípios de Triunfo, Carnaíba e Solidão, no Sertão do Pajeú, neste sábado
(9) e domingo (10). Em seu giro, ao lado dos candidatos a vice, Paulo Rubem
Santiago (PDT), a senador, João Paulo (PT), e lideranças da região, Armando foi
bastante saudado pela população sertaneja. O petebista ouviu declarações de
apoio e estímulo para sua candidatura e as demandas do povo.

Ao avistar o candidato
a governador em caminhada pela feira livre de Triunfo, o vendedor Paulo
Petrônio, 62 anos, fez questão de parar seus afazeres e cumprimentar Armando,
Paulo Rubem e João Paulo. “Voto em Armando para governador. Já o conheço, sei a
sua caminhada e tenho certeza de que vai ser governador de Pernambuco”,
afirmou.

Aos 94 anos, o
aposentado Américo Vicente externou sua admiração por Armando. Ele lembrou que
votou, em 1994, no então candidato ao Senado, Armando Monteiro Filho (PDT), pai
de Armando Neto. “Há mais de 10 anos acredito nessa trajetória de Armando.
Votei no pai dele para o Senado e sei do respeito e do trabalho para ser
governador do Estado”, recordou.

Após as visitas a
feiras, uma grande carreata e comício em Afogados da Ingazeira, que reuniu mais
de 5 mil pessoas na noite do sábado, Armando, Paulo e João fizeram uma animada
passagem por Solidão, neste domingo, antes de seguirem em carretas para
Ingazeira, Tuparetama e São José do Egito, onde participariam de outro grande
comício.

Em Solidão, visitaram o
comércio, a feira e até celebraram o dia dos pais no animado forró de Antônio
de Zildo, no centro da cidade, onde ensaiaram alguns passos e tocaram
instrumentos como a zabumba e o triângulo.

Para Armando, as
visitas às feiras livres nos municípios possibilitam um maior contato com a
população. Nesses momentos, segundo ele, é possível observar os problemas do
Estado e escutar as demandas do povo. “A feira é importante porque a gente pode
encontrar e dialogar com toda a população, das sedes e das zonas rurais dos
municípios. Esse é um contato que nos gratifica porque cria-se uma
identificação com o candidato e, ao mesmo tempo, nos permitir um contato mais
direto e caloroso com a população”, explicou Armando.

Crédito da foto: Leo Caldas/Divulgação

Allyne Ribeirohttps://araripinaemfoco.com
Diretora de Edição e Redação de Jornalismo
RELACIONADOS