InícioAraripina em FocoMamãe, esta é a “nova política”!

Mamãe, esta é a “nova política”!

O candidato do PSB,
Eduardo Campos, disse ao Estadão que não vê motivos para, no caso de ser
eleito, sua mãe,  Ana Arraes, afastar-se
do cargo de Ministra do Tribunal de Contas da União.
De fato, não haveria
motivos legais, porque não é o caso de nomeação pelo parente, embora uma
leitura estendida da figura judicial do impedimento pudesse ser invocada.
Mas motivos de ordem
ética e moral haveria, em proporções gigantescas.
Afinal, é o Tribunal
que avalia e julga as contas do Presidente da república e de seus auxiliares.
No caso, do filho e da
turma do filho.
O que mamãe diria ao
encontrar um “malfeito” do filhinho?
“Ai, ai, ai, Dudu”?
São estes os critérios
de ordem moral da “nova política” , dos que tem a pretensão de ficar enchendo a
boca para falar mal de um “presidencialismo de coalizão”?
Para que, pelo título
de “excelência” ou pra entrar “mais unzinho” na família?
Estamos muito mal de
moralistas, mesmo.
Um acha que é normal
fazer aeroporto da fazenda do tio, o outro que a mãe julgue suas contas…

A mulher de César,
realmente, não anda muito por aqueles lados.
tijolaco.com.br/
Allyne Ribeirohttps://araripinaemfoco.com
Diretora de Edição e Redação de Jornalismo
RELACIONADOS