InícioAraripina em FocoNão somos contra o concurso público, mas é preciso rever pontos para...

Não somos contra o concurso público, mas é preciso rever pontos para chegar a um consenso que não leve o município ao fundo do poço, diz Luis Henrique

O líder da bancada de
oposição na Câmara vereador Luis Henrique (PSL), diz que sua bancada não é contra o
concurso público de Araripina.
O projeto do governo
municipal embasado por recomendação do Ministério Público de Pernambuco que
prevê a realização de concurso público abriu uma intensa e árdua discussão
entre o parlamento na sessão de ontem.
– A expectativa dos
pleiteantes e a apreensão dos aprovados em concursos anteriores, presentes no
plenário, deixou o debate ainda mais delicado. Ao analisarmos a posição
contrária ao concurso da Procuradoria Geral do Município – PGM, observamos uma
incompatibilidade na causa. Ao listarmos o inchaço na folha salarial, os
recorrentes atrasos com a folha de pagamento de servidores, a instabilidade
econômica vivida pelo país, o déficit financeiro do Arariprev de quase 16 milhões
de reais, segundo a PGM e os mais de 700 aprovados nos últimos concursos
público realizados pelo município, que ainda aguardam convocação, e que muitos
lutam judicialmente para ocupar seus cargos, diagnosticamos que o prefeito
precisa fazer reformas administrativas e aperfeiçoar a gestão para regularizar
os problemas citados e assim, obter coerência, moral e legitimidade para
realizar o concurso público, disse Luis Henrrique.

A bancada de oposição
deixou claro na sessão desta quinta-feira (31), que não se coloca contra o concurso,
mas que é necessário rever diversos pontos para podermos chegar a um consenso
que conduza o município ao desenvolvimento e não a retração e ao embaraço
governamental.
Allyne Ribeirohttps://araripinaemfoco.com
Diretora de Edição e Redação de Jornalismo
RELACIONADOS