InícioAraripina em FocoPF tenta decodificar chip de celular encontrado no dia de acidente que...

PF tenta decodificar chip de celular encontrado no dia de acidente que matou Eduardo Campos

Um chip de celular
danificado encontrado no local é a mais nova pista a ser analisada pela Polícia
Federal no caso do acidente aéreo que matou sete pessoas, entre elas o então
candidato a presidente Eduardo Campos (PSB-PE).
Segundo informado, a
perícia da PF está tentando usar uma máquina para decodificar o chip e tentar
extrair quaisquer dados registrados, como imagens, que tragam qualquer
informação sobre o acidente.
A investigação da Polícia
Federal está aberta. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes
Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou em janeiro deste
ano o relatório final da investigação.

O órgão apontou quatro
fatores que contribuíram para a queda do avião: a atitude dos pilotos, as
condições meteorológicas adversas, a desorientação espacial e a indisciplina de
voo. (fonte: G1)
Allyne Ribeirohttps://araripinaemfoco.com
Diretora de Edição e Redação de Jornalismo
RELACIONADOS