InícioAraripina em FocoTrabalhadores da Pesquisa de Emprego e Desemprego fazem protesto na Assembleia Legislativa

Trabalhadores da Pesquisa de Emprego e Desemprego fazem protesto na Assembleia Legislativa

Recife – Os trabalhadores
da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), em Pernambuco, promovem nesta
quinta-feira (21) um ato na Assembleia Legislativa do Estado em protesto à
ameaça de interrupção da pesquisa e a possível demissão de 66 funcionários. O
protesto acontece a partir das 9h.
Realizada há 18 anos na
Região Metropolitana do Recife, a pesquisa colhe mensalmente os índices de
empregabilidade, além de produzir indicadores importantes, como o perfil dos
trabalhadores, nível de escolaridade da força de trabalho, a inserção dos
negros e mulheres no mercado, entre outros. A metodologia utilizada é a do
DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).
A ameaça de interrupção da
série histórica ocorre em função da falta de repasse de recursos do Ministério
do Trabalho ao Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (IAUPE), órgão
do Estado ao qual a PED se vincula. O Governo do Estado sinalizou recentemente
que anteciparia um valor de R$ 750 mil após um acerto feito com o Ministério do
Trabalho. A promessa era de que o repasse seria realizado no último dia 18. Até
o momento, porém, o valor não foi disponibilizado e os funcionários estão indo
a campo com uma ajuda de custo para transporte e alimentação.
O coordenador geral do
Sindicato dos Trabalhadores de Instituições de Ensino (SINTEEPE), Henryque
Filho, informa que os funcionários têm feito um grande esforço para que a coleta
de dados do mês de maio não seja prejudicada. “Por meio da articulação e
mobilização dos trabalhadores da PED, o SINTEEPE e a CUT fizeram um aporte
emergencial que têm permitido o trabalho de campo. Mas esta situação não pode
continuar. Os trabalhadores têm passado por muitas dificuldades”, ressalta.

Após a realização do ato,
em frente à Alepe, os funcionários da PED vão reunir-se com os deputados
estaduais para relatar todos os problemas enfrentados pela pesquisa e pedir
empenho dos parlamentares na solução do impasse. “Pernambuco não pode abrir mão
de uma pesquisa com esse valor científico e social. O Governo do Estado e os
parlamentares precisam encontrar uma forma de preservar o trabalho da PED e o
emprego destes trabalhadores”, finaliza Henryque.
Allyne Ribeirohttps://araripinaemfoco.com
Diretora de Edição e Redação de Jornalismo
RELACIONADOS